Angra do Heroísmo, Terceira

28 Setembro 2019, 14H00

Desenhar o Jardim Duque da Terceira, em Angra do Heroísmo, Ilha Terceira, Açores

Coordenação: Manuel Martins
menesesmartins@gmail.com,
Telfs.: 968542595 – 295512764

Organização: USKP Ilha Terceira

 

Sinopse:
A Câmara Municipal de Angra do Heroísmo deu início à construção do Jardim Duque da Terceira em 1882 (Jardim de Baixo) a partir das cercas do Colégio dos Jesuítas e mais tarde (Jardim de Cima) do Convento de S. Francisco, actual Museu de Angra do Heroísmo.

Foi dado o nome de Jardim Duque da Terceira em 1888, em homenagem a  António José de Sousa Manoel de Menezes Severim de Noronha, Duque da Terceira, e um companheiro de D. Pedro IV durante a sua estadia na ilha Terceira durante as lutas liberais.

No Jardim de Baixo em frente à entrada existe uma glorieta em bronze e pedra, dedicada ao escritor Almeida Garrett que passou a sua mocidade em Angra do Heroísmo em casa de familiares.

Tem sido ao longo dos anos valorizado sem perder muito da traça original e é, além de um património do século XIX, um ponto de encontro, de lazer  e das artes, visto que costuma haver concertos de música e projecção de filmes ao ar livre.

No topo do jardim encontra-se, o local onde existiu o Castelo dos Moinhos, primeira fortificação de Angra, de 1474, e um obelisco dedicado a D. Pedro IV de inspiração inteiramente maçónica, cuja pedra fundamental foi lançada a 3 de Março de 1845 e foi uma das que este rei pisou no cais de Angra ao entrar na cidade.

 

Anúncios